O "Magno" Gelado

Lembro-me perfeitamente da minha consulta do viajante.
Entre os muitos alertas, a grande maioria exagerados, diga-se, a médica saiu-se com esta:

"Você não coma gelados em Timor!"

Crédula, coitadinha de mim, lá comi o meu "último" gelado em Portugal na companhia da querida C.
Depois cheguei a Timor e percebi que o problema nem era a bicheza que se me podia colar ao estômago ou ao intestino mas o preço inflacionado da coisa. Só uma caixa de 1 litro, 12 dólares, PUMBA!

Deixei-me disso. depois fui à Indonésia e percebi que há gelado novo no cardápio: Magnum Gold.
Oh deus que as minhas papilas gustativas já não estão habituadas a isto!!
O desgraçado é mesmo bom e nem foram as promessas de dieta que me fizeram ficar longo do bicho mas a sua inexistência em Timor.

Mantive-me, portanto, longe deste amiguinho. Até ontem.
Descobri-o à venda a 1,90USD num supermercado. Inacreditável!
E até só custa mais 20 centavos do que na Indonésia, pufff...

Ah! dizer também que noutro dia, em desespero de causa, paguei 4,50USD por um clássico.
E soube-me pela vida.
E não, não chorei o dinheiro que o "bigode" de chocolate explica tudo o que me ia na alma. E nas coxas.
Reporter Timor às 08:05 | link do post | comentar | Adicionar aos favoritos