Sobre a nostalgia

Durante muito tempo 2007 foi o melhor ano da minha vida.
Foi nesse ano que terminei a faculdade, que realizei o sonho da rádio e me apaixonei pela televisão (quem diria?!), comecei a ser jornalista, entrei no mestrado, fiz amigos para a vida.

Cheguei ao fim de 2007 com a sensação de que tinha vivido uma vida inteira em apenas 12 meses. mas também com a certeza de que dificilmente voltaria a sentir aquela coisa de estar no topo do mundo. As músicas que tocavam na cidade fm, rádio onde trabalhava na altura, foram e continuam a ser uma espécie de playlist da felicidade. E sempre que as oiço há uma espécie de botão que se liga e entre as minhas memórias e as vozes que vibram a sintonia é perfeita. Eu tinha 20 anos e e essas músicas inauguraram um ano maravilhoso que me mudou profundamente.

Não sei como, mas imagino que pelo tempo que as coisas demoram a chegar a Timor, a banda sonora desse ano é a que toca actualmente na rádio e nas festas.

Pode ser uma coincidência, que pode, ou então é apenas o universo a dizer "ora aí tens uma segunda oportunidade para ser feliz".
Reporter Timor às 08:18 | link do post | comentar | Adicionar aos favoritos