Segunda-feira, 24.06.13

Hino Nacional

 

Ouvi o Hino Nacional de Timor-Leste, pela primeira vez, a 20 de Maio de 2012, através da rádio. Já passava da meia-noite quando regressava a casa na véspera das celebrações do 10º Aniversário da Restauração da Independência, no exacto momento da tomada de posse do novo Presidente da República, Taur Matan Ruak, que sucedia a José Ramos Horta.

 

Foi a primeira vez que gostei de um Hino que não era o português. Tocou-me. Chama-se "Pátria", foi composto em 1975 por Afonso de Araújo, a letra é da autoria de Francisco Borja da Costa. Foi adoptado em 2002 para Hino Nacional, aquando da Restauração da Independência.

 

Ouvi-o outro vez na semana passada na abertura de uma cerimónia oficial.

Eu e centenas de pessoas, de pé: http://videos.sapo.tl/Zz36zLz7gdJZZZo1JEBP

 

Pátria, Pátria, Timor-Leste, nossa Nação.

Glória ao povo e aos heróis da nossa libertação.
Pátria, Pátria, Timor-Leste, nossa Nação.
Glória ao povo e aos heróis da nossa libertação.
Vencemos o colonialismo, gritamos:
abaixo o imperialismo.
Terra livre, povo livre,
não, não, não à exploração.
Avante unidos firmes e decididos.
Na luta contra o imperialismo
o inimigo dos povos, até à vitória final.
Pelo caminho da revolução.


Reporter Timor às 02:06 | link do post | comentar | Adicionar aos favoritos
Quinta-feira, 20.06.13

Aniversário de Kay Rala Xanana Gusmão

Figura mítica de Timor-Leste.

 

O Katuas, respeitado e admirado pelo seu povo.

 

Vida longa ao Primeiro-Ministro de Timor-Leste!

 

O Lafaek

 

 

Este crocodilo (lafaek, em tétum) foi fotografado em Tibar no fim-de-semana passado por Carlos Martins, um assessor da segurança das Nações Unidas.

 

Idolatrado e respeitado na cultura timorense por ser o katuas, ou avô, o antepassado deste povo, o crocodilo cresce livre nestas águas. Aqui ele é rei. E se por acaso comer um timorense então o povo dirá que a vítima era má pessoa, vivia desonestamente e por isso o katuas o matou. Tanto assim que os pescadores, grandes sobreviventes, são tidos como as pessoas mais honestas desta terra. Pois se o katuas lhe poupa a vida é porque não tem pecados no currículo.

 

Quanto a nós, estrangeiros, vivemos com o medo de fazer mergulho ou chapinhar na praia e dar de caras com um respeitável crocodilo. Até porque, de tão grandes que os bichos são, as hipóteses de sobrevivência rondam os 0%. Por outro lado, dizemos entre nós que é imperativo ver um crocodilo antes de partir. Sim, ao vivo e a cores, com o sangue a pulsar-nos do coração e a pedir-nos para fugir.

 

Já ouvi relatos de crocodilos de 4 metros avistados na água. Seguidos, claro, de um grande "Urra!".

 

O lafaek é um mito. para eles mas também para nós.

Reporter Timor às 03:36 | link do post | comentar | Adicionar aos favoritos

Timoroan #5

É o último sobrevivente de 7 filhos.

Perdeu pais e irmãos durante a resistência.

E uma vez mais se confirma que "resistir é vencer", a tão célebre frase de Xanana Gusmão que deu mote a toda uma geração de timorenses.

 

Não aprendeu a ler.

Ouve mal, tão mal que concentrou nos olhos todos os sentidos.

E tem daquelas memórias de elefante, com base em cores e formas. Não lhe escapa um detalhe, uma cara, as caretas que as bocas fazem quando falam. Julgo até que nos lê os pensamentos.

 

Há uma história engraçada de quando eu ainda não falava tétum, tão-pouco sabia que ele era praticamente surdo, e lhe peço em português para chamar um colega no meu tom de voz sumido (chegará o dia em que andarei com um microfone incorporado). Acto contínuo, acena com a cabeça e segue para uma qualquer missão desconhecida. Risos na sala, a M. a tentar explicar que o senhor não ouvia, não falava português, e as gargalhadas a atropelarem-lhe a fala. E, no entanto, solícito como é, o J. lá ia.

 

Coração bom, aquele.

Profissional dedicado como há poucos.

Reporter Timor às 01:49 | link do post | comentar | Adicionar aos favoritos
Terça-feira, 18.06.13

Cirque du Soleil em Díli

 

Uma iniciativa da EVECOM e do Instituto Francês da Indonésia.

 

Amusement!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Reporter Timor às 01:44 | link do post | comentar | Adicionar aos favoritos
Sexta-feira, 14.06.13

Saramago, o convento e as memórias

A minha irmã não sabe mas este foi o presente de aniversário mais fofinho que me podia dar. Escreveu-me: 'ah e tal estou a estudar Saramago e encontrei o teu nome na ficha técnica', referindo-se à Série Grandes Livros da RTP.

 

Mas disse mais: 'estava a ouvir as palavras de Pilar e lembrei-me que já me tinham sido repetidas por ti'.

 

Temos 9 anos de diferença e portanto houve um tempo em que eu podia, de facto, ensinar-lhe uma coisa ou outra. não necessariamente por ter muito conteúdo mas porque ela me dava tempo de antena. entretanto cresceu. e agora encontra-me na internet e envia fotografias como esta que, de alguma forma, nos põem em sintonia e nos aproximam do memorial da nossa infância.

 

 

Reporter Timor às 01:33 | link do post | comentar | Adicionar aos favoritos
Segunda-feira, 10.06.13

10 Junho

Dia de Portugal, de Camões e das comunidades portuguesas.

 

Dia de recepção na casa do novo embaixador de Portugal em Díli.

 

Dia do meu sobrinho que faz 18 anos e, mais uma vez, eu estarei longe. não estive, não estou, não vou estar tão cedo. e mesmo que acredite ou queria acreditar que ele agora já não quer os longos jantares de família nem os abraços tontos da tia T., fico aqui com um nó na garganta daqueles difíceis de desenrolar.

 

Aniversário de casamento da tia mais maravilhosa que se pode ter e que por acaso até é a minha.

 

Diz que amanhã é o meu dia.

 

Reporter Timor às 03:25 | link do post | comentar | Adicionar aos favoritos

Ataúro Report

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Reporter Timor às 01:52 | link do post | comentar | Adicionar aos favoritos
Sexta-feira, 07.06.13

Ouvido nos bastidores #1

Eis uma nova rubrica.

"A minha empresa decidiu que não vai contratar mais mulheres.
Tenho 9 colegas grávidas e demasiado trabalho".

Timor não tem problemas de natalidade.
Entretanto, a desigualdade de género continua. Justamente nas empresas mais sólidas.
Reporter Timor às 02:59 | link do post | comentar | Adicionar aos favoritos

Timoroan #4

 

O post de hoje é sobre um não-timorense que viveu neste país tanto tempo que se tornou um cidadão local.

Um katuas, ou sábio, entre os estrangeiros.

Uma daquelas pessoas que todos conhecem e que todos duvidavam que algum dia partisse.

 

Acabei de lhe escrever uma mensagem.

Não foi bem uma despedida mas um agradecimento sincero e sentido:

 

"Ainda não acredito que passaste a tua última noite em Dili a trocar os pneus do meu carro com um sorriso nos lábios sabendo que seria a tua última oportunidade de ser feliz nesta ilha. e, ainda assim, estiveste lá quando mais precisei, a trocar e a encher pneus. Espero que agora esteja tudo bem. E que venham as caraíbas!!"

 

Não, este katuas não era uma pessoa próxima daquelas a quem telefono, com quem marco jantares e almoços e viajo pelo país.

Nunca tivemos conversas longas nem houve cumplicidade para partilhar experiências e histórias de vida. Dele sei o que espera do futuro, no caso as caraíbas, e só porque tenho a mania de fazer perguntas.

 

E nessa noite, engraçado, ele respondia-me com um riso que não pude interpretar na altura mas que dizia "que raio, estás a perguntar-me pelo meu futuro que chega, imagina tu, já amanhã. mas não, não te posso dizer que será a última vez que me verás". Nem era preciso. E agora que sei tudo, aquele gesto agigantou-se-me.

 

É que foi aquele "estranho" que esteve lá quando mais precisei, sabendo que iria partir, em segredo, no dia seguinte. Para nunca mais voltar.

 

 

Reporter Timor às 01:55 | link do post | comentar | Adicionar aos favoritos
Quinta-feira, 06.06.13

Timoroan #3

 

Tinha já três filhos quando soube que estava grávida.

Escondeu, não queria ser mãe outra vez.

 

Teve medo por si, pela família, pelo emprego.

Considerou o aborto que, sendo ilegal no país, lhe poria a vida em risco.

 

Aconselhada, pediu ajuda a uma ONG.

Escolheu a vida com uma condição: laquear as trompas.

 

As mulheres timorenses chegam a por 15 crianças no mundo. Fenómeno que, tanto quanto percebo, já começa a mudar. Conheço um casal que só teve um filho e por ali ficou. Já tive várias conversas com colegas que querem saber a minha opinião e perguntam quantos filhos têm as mulheres em Portugal. Ouvem atentas, perguntam se muitas gravidezes podem trazer riscos para a saúde. dizem que querem que os filhos estudem, tenham mais oportunidades e vêem a solução no controlo da natalidade.

 

A sociedade está a mudar. para melhor. sempre.

E eu tenho imensa fé nestas mulheres.

Reporter Timor na RTP Internacional #2

O Timor-Leste Contacto de Maio já está online.

Ide ver, minha gente!

 

http://www.rtp.pt/play/p1182/e118389/timor-leste-contacto

 

Reporter Timor às 07:31 | link do post | comentar | Adicionar aos favoritos
Quarta-feira, 05.06.13

Ataúro ou o paraíso no paraíso

Foi há um ano o primeiro deslumbramento.

 

Embarcámos num barco rumo à ilha de Ataúro num fim-de-semana descontraído que iria mudar a minha relação com Timor para sempre.

Não me lembro de ter falado muito durante essa viagem, tal era a vontade de assimilar tudo o que me estava a acontecer.

 

Acordei em Ataúro em dia de aniversário. E cruzei o mar entre as ilhas deste Timor que amo. 

Este ano repito a experiência na companhia de malta absolutamente maravilhosa (é esse o segredo!) e pretendo fazê-lo no próximo aniversário  e ainda no outro e no outro outra vez se for preciso.

 

Porquê?

Porque no ano passado houve um  momento em que alguém do outro lado do mundo que, felicitando-me por mais um aniversário, com uma voz cortada, embargada, paralizada, me dizia: “há anos que não te ouvia tão feliz”.

E eu sei, oh se sei!, que o meu estado de espírito mora todo nesta voz que não consegue conter-se da felicidade em que moro agora.

 

É, fui muito feliz em Ataúro.

Reporter Timor às 04:06 | link do post | comentar | Adicionar aos favoritos

Timor na RTP Internacional

O primeiro Timor Leste Contacto de 2013.

Ou como engordar 20 kg na passagem de 4:3 para 16:09.

Começámos mal, RTP i, mas ainda vamos ser muito felizes juntos.

 

http://www.rtp.pt/programa/tv/p30061/e1

 

Reporter Timor às 04:02 | link do post | comentar | Adicionar aos favoritos

mais sobre mim

pesquisar

 

posts recentes

últ. comentários

  • Adorei esta tua reportagem tão humana e intensa qu...
  • Olá Miguel. São questões pertinentes às quais pass...
  • Antes de mais, agradeço a prontidão da resposta.Se...
  • Miguel, pode colocar as suas questões aqui. Respon...
  • Gostaria de pedir-lhe que me contactasse para o mi...
  • És grande, Gi!
  • Lunchbox : http://www.filmesonlinebr.net/a-lanchei...
  • Olá, podes contactar-me para o email katealves@gma...
  • Caracóis por aqui? nunca vi.
  • Lol eles não iam achar graça nenhuma mesmo, nem qu...
  • oh my god...mais uma coisa para a minha lista e ma...
  • a sorte é que estou a chegar e vou revolucionar is...
  • Sejam bem-vindas ao paraíso ;)obrigada
  • Seremos duas, a aterrar!Parabéns pelo blog!
  • Que alegria ler a tua satisfação.... das várias es...
  • Obrigada pela correcção, Comando R-9.
  • Correccao: Nem a F-FDTL nem a PNTL usa a G-3. PNTL...
  • Fofinha linda Adorei este post...
  • Obrigada, mana! Isto ainda vai virar filosofia de ...
  • Amei este post mana:). Com poucas palavras se cara...

mais comentados

arquivos

subscrever feeds