Procuro

 

Há umas semanas durante o almoço num restaurante local fixei-me num rosto familiar. Ia jurar que estava diante de um colega timorense dos tempos da faculdade a quem, entretanto, perdi o rasto. Mas por vergonha, conheço tanta gente e de todos os lados, não lhe falei.

 

E parece que afinal era mesmo ele, certo é que agora com o cabelo pintado de loiro, mas não há dúvida que o rapaz de sorriso fácil é ele. Agora está casado, coisa recente parece, e voltou para casa finalmente.

 

Chama-se Vicente. E gostava de o ver, de falar com ele, saber o que é feito daquele miúdo tímido. Já não teremos a barreira da língua porque entretanto aprendi tétum e o português dele melhorou certamente ou não teria sobrevivido na imensa Lisboa.

 

Portanto, aqui fica a mensagem, procuro um Vicente de cerca de 30 anos, ex-colega na Universidade Nova de Lisboa.

 

Adoro reencontros e este pode ser bem especial!

 

Reporter Timor às 04:02 | link do post | comentar | Adicionar aos favoritos