Não há coincidências

 

 

 

 

 

Na semana passada escrevi um post sobre o facto de os Indonésios chamarem Tim-Tim aos timorenses. Post esse que começava por referir Tintin.

 

Hoje, por acaso, descobri esta imagem que tem tudo: o Cristo-Rei, os GNR por cá muito famosos por tomarem esteróides, a Uma Lulik ou casa sagrada, o galo sagrado também, o porco que é tão comum nas ruas de Díli como os cães e um cão no espeto. Parece que o Milu do Tintin vai ser o pitéu do timorense aqui retratado.

 

Giro, giro!

Reporter Timor às 07:39 | link do post | comentar | Adicionar aos favoritos