Então foi assim

No trabalho disseram-me 'faz a mala que vamos para Portugal'. Bem mandada que sou, pus-me a caminho sem, contudo, dizer à família 'ah e tal vou dar aí um saltinho'.

Achei que ao fim de ano e meio era indecente dizer 'pára tudo que vou aí por 5 dias'. Maneiras que fiz a surpresa, apareci lá em casa sem pré-aviso, com a voz a falhar-me no momento de dizer ao altifalante 'sou eu' e que me senti uma criança, imagine-se, até quando abracei o meu sobrinho. É, estava um pouco precisada de colo. E tive, muito!

O trabalho continua!
Reporter Timor às 00:23 | link do post | comentar | Adicionar aos favoritos