Cofina e a costela timorense

 

Então foi assim. 

No tempo em que se ia de barco para Timor-Leste, um grupo de jovens portugueses atravessou os mares rumo ao país do sol nascente. Parece que um deles, o que interessa para a história, ficou tão enjoado que adoeceu seriamente durante a viagem. À chegada o marinheiro explicou que no regresso a Portugal o navio iria vazio, vinha carregado de bens para Timor não tendo nada para levar, por isso a viagem iria ser ainda mais difícil para os tripulantes.

 

Com olho para o negócio, este jovem decidiu carregar o navio, desta feita, com madeiras tropicais. E assim foi, toneladas de madeira rumo a Lisboa mais tarde transformadas em muito dinheiro aquando do regresso do militar português ao país.

 

Com essa riqueza, criou-se o grupo Cofina, um importante grupo de media em Portugal.

 

Ao ouvir a história disse um jornalista timorense: "nós também trouxemos as malas vazias, queremos enchê-las de tudo quanto possamos aprender em Portugal".

 

Reporter Timor às 00:30 | link do post | comentar | Adicionar aos favoritos