Sobre os dias difíceis

 

Isto de estar longe de casa, de fazer coisas absolutamente novas todos os dias e de viver intensamente é tudo muito bonito mas depois há os dias em que estar longe é sinónimo de estar, ou sentir-se, completamente só. E esta coisa de ser nómada deixa de ter tanta piada.

 

Acabei de ler uma reportagem sobre os portugueses que partem, sobre esse momento derradeiro que é todo lágrimas e sofrimento. Devo confessar que não consegui ler todo, a terceira parte fica para outro dia. 

 

Aqui: http://www.dn.pt/revistas/nm/interior.aspx?content_id=3653337

 

 

 

Reporter Timor às 06:19 | link do post | comentar | Adicionar aos favoritos