A adolescente que há em mim

Ontem fui para a praia correr. Quase não havia ondas e deu para dar um mergulho. E dois. E três.

 

Voltei tão feliz que quando passava em frente a um restaurante vi a empregada com um prato de camarões na mão e perguntei "é para mim?".

Reporter Timor às 05:15 | link do post | comentar | Adicionar aos favoritos