Acordar Portugal

 

Na semana passada foram despedidos 160 jornalistas em Portugal. Repito, 160. E lembrei-me do dia em que saí da produtora, da minha última reportagem, daquele sufoco e, finalmente, do dia em que percebi que seria feliz a ser outra coisa.

 

Vivo a 15 mil km de distância e portanto admito que a minha indignação não valha um chavo mas o sonho que tive esta madrugada diz muito sobre o que me vai no espírito.

 

No sonho, a ex-apresentadora do meu ex-programa e a ex-coordenadora do mesmo tinham aberto uma produtora de televisão com o objectivo de produzir programas para dar razões às pessoas para se levantarem da cama. A equipa, de nome Acordar Portugal, emitia em sinal aberto para todos os prédios, casas e moradias. Um sucesso, é o que vos digo!

 

Fica a ideia. Esta e a sugestão de um canal interno para os membros do Governo com histórias sem filtros de um país que se chama Portugal.

Reporter Timor às 02:38 | link do post | comentar | Adicionar aos favoritos