Inquérito aos Emigrantes

Quando trabalhava como jornalista fiz várias reportagens sobre as vagas de emigração portuguesa ao longo do tempo. Antes do 25 de Abril e até 1974, com especial enfoque na emigração para o Brazil, depois para outros destinos como os EUA e Canadá, seguindo-se a grande emigração para a Europa nos anos 60, França, Alemanha e Luxemburgo, e as colónias. Mais recentemente, segundo dados de 2010, Reino Unido, Espanha, Suíça, Luxemburgo e Angola eram os países de destino dos portugueses.

 

Desde que saí de Portugal muita coisa mudou. Muitos milhares a emigrar. Os filhos mas também pais e avós!

 

Para estudar esta nova realidade, a Universidade de Lisboa, a Universidade de Coimbra, o Instituto Universitário de Lisboa e Fundação para a Ciência e Tecnologia estão, pela segunda vez, a inquirir emigrantes portugueses.

 

Tudo aqui: http://www.remigr.pt/

Para responder ao questionário é seguir o link: http://tiny.cc/remigra

 

Eu, que tenho muito respeito pelos estudos académicos e pela importância de estudar a sociedade, respondi outra vez ainda que eu deva fazer parte de uma minoria: não estava desempregada quando saí de Portugal (despedi-me), não tinha emprego no país de origem (fui à procura de trabalho) e mudei de área dentro da área (o que me trouxe uma satisfação profissional imensa).

 

No final perguntaram se tinha algo a acrescentar. Disse que as práticas das empresas portuguesas nos envergonham e dão uma péssima imagem dos portugueses lá fora. E dei exemplos: no meu caso o contrato não reflectia o acordado na entrevista de trabalho e fui ameaçada quando me despedi.

 

Partilhem também a vossa experiência!

Reporter Timor às 03:43 | link do post | comentar | Adicionar aos favoritos